Tela do artista plástico moçambicano Antero Machado.

Tela do artista plástico moçambicano Antero Machado.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Papo de buteco 14 - Carro alegórico

Dia doze de outubro dia das crianças.
Fico cada vez mais preocupado com as crianças de hoje em dia.
Na minha época não tinha esse negocio de passarem o dia em frente à televisão, no computador jogando games ou no maximo irem ao shopping. Cada dia estão mais consumistas.
Antes, as brincadeiras eram puramente infantis e em grandes grupos.  Bandos!
Juntavam-se os bandos nas ruas e íamos jogar futebol, bolinha de gude, queimada, bentialtas, pega ladrão, finca, bodoque  e muitas outras brincadeiras. 
Elas aguçavam nossos reflexos, nos sociabilizavam e criávamos amizades para a vida inteira.
Estas brincadeiras nos cansavam o corpo, mantinham nosso espírito alerta, dissipavam nossa agressividade e diminuíam nossas neuroses.
Alimentávamos bem, pois precisávamos de muita energia.
Hoje com a violência das ruas, essa situação mudou.  As atividades são internas, a coletividade se da nas aulas de escolinhas de futebol, aulas de judô, se apuram reflexos nos videogames. Quase tudo de hora marcada.
Isso tudo, se a família tem recursos pra todas essas atividades, elas são pagas. 
E se não tem?  Ficam trancados nos apartamentos em frente a TV ou nos joguinhos. 
Poucos de cada vez, não existem mais as turmas de garotos.  
Acabou-se a saudável vadiagem, as longas conversas onde se apuravam as afinidades. 
O que a gente gastava eram horas e horas....
Na minha época, durante o dia passavam programas infantis, filmes, e a noite, a determinada hora, aparecia na tela um aviso:  “Atenção senhores pais, a programação a partir desse horário é proibida aos  menores de 14 anos.”  A partir daí, cama!
È, os garotos de hoje são diferentes. 
Assistem a tudo, mesmo que não tenham maturidade ou inteligência emocional de acordo com o que vêem. Os pais, quase sempre no trabalho, quando em casa, cansados, não dão a assistencia necessária. Existe um isolamento pais e filhos.
Isso também esta trazendo problemas e conflitos entre os casais.
Como eles ficam o dia inteiro em casa, os casais passaram a reduzir a freqüência dos momentos de chamego e do “vão ver”! 
Os diabinhos estão sempre na cola, não dão trela nem pra uma rapidinha. 
Eles dão noticia de tudo o que ocorre a sua volta.
Também, eles não tem o que fazer....
Na semana passada, um freguês veio me contar o apuro que passou por causa do seu filho.
A molecada sempre em casa, e ele e a cara metade na secura, já tava fazendo quase um mês que não davam “umazinha”.
Nesse dia, a menina tinha ido a casa de uma coleguinha e o garoto estava entretido no videogame que foi difícil arrancá-lo de lá para lanchar. Ele comeu rapidinho e voltou ao jogo.
O pai vendo isso, lança um olhar 43 pra dona encrenca, e os dois sorrateiramente vão para o quarto.
Na hora do bem bom, eles no maior rala e rola eis que o garotinho abre a porta.
Ele entra e pega a mãe na famosa posição “carro alegórico”, numa alegria louca como se estivesse saudando o publico,  fazendo sexo com o meu freguês.
O filho se vira e se dirige novamente ao seu quarto.
A mãe assustada se veste e vai correndo atrás do filho, preocupada com o que o garoto tinha visto.
- Ai meu Deus, o que esse menino  vai pensar!
Chega ao quarto dele, ressabiada, e pergunta:
- Você queria alguma coisa filhinho?
E o garoto então pergunta à mãe: 
- Mãe, o que a senhora e o papai estavam fazendo?
Envergonhada, a mãe logo pensa em uma desculpa: 
- Ora, disse ela, como você sabe, o seu pai tem uma barrigona e eu estava tentando apertá-la, para tirar o AR!!!
- A senhora então está perdendo seu tempo! ‑ disse o garoto.
Por quê? ‑ perguntou a mãe intrigada.
- Porque toda vez que a senhora vai pro shopping, a empregada se ajoelha e sopra tudo de volta!

Falar mais o que?.....
O meu freguês continua na secura e até hoje tenta explicar pra patroa que focinho de porco não é tomada. Ele jura que consegue....
O que fazer com essa garotada de hoje, pergunto eu?

imagem da net.
.

CARTA DE ABRAHAM LINCOLN AO PROFESSOR DO SEU FILHO

«Caro professor, ele terá de aprender que nem todos os homens são justos, nem todos são verdadeiros, mas, por favo, diga-lhe que, por cada vilão há um herói, que por cada egoísta, há também um líder dedicado, ensine-lhe, por favor, que por cada inimigo haverá também um amigo, ensine-lhe que mais vale uma moeda ganha que uma moeda encontrada, ensine-o a perder mas também a saber gozar da vitória, afaste-o da inveja e dê-lhe a conhecer a alegria profunda do sorriso silencioso, faça-o maravilhar-se com os livros, mas deixe-o também perder-se com os pássaros do céu, as flores do campo, os montes e os vales.
 
 Nas brincadeiras com os amigos, explique-lhe que a derrota honrosa vale mais que a vitória vergonhosa, ensine-o a acreditar em si, mesmo se sozinho contra todos.
 Ensine-o a ser gentil com os gentis e duro com os duros, ensine-o a nunca entrar no comboio simplesmente porque os outros também entraram.
 Ensine-o a ouvir a todos, mas, na hora da verdade, a decidir sozinho, ensine-o a rir quando estiver triste e explique-lhe que por vezes os homens também choram.
 Ensine-o a ignorar as multidões que reclamam sangue e a lutar só contra todos, se ele achar que tem razão.
 Trate-o bem, mas não o mime, pois só o teste do fogo faz o verdadeiro aço, deixe-o ter a coragem de ser impaciente e a paciência de ser corajoso.
Transmita-lhe uma fé sublime no Criador e fé também em si, pois só assim poderá ter fé nos homens.
 Eu sei que estou a pedir muito, mas veja o que pode fazer, caro professor.»
Abraham Lincoln, 1830
.

45 comentários:

  1. Garoto observador e preocupado com o esforço desnecessário que mãe vinha fazendo.
    Um filho (da puta) de ouro, hahaha!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Que menino danado héin, rs
    Muito bom o texto Lufe.

    Beijoos :)

    ResponderExcluir
  3. Jhenny,

    Que bom ter vindo.
    Conheci seu blog pelo selinho da Bianca.
    Fui lá e gostei.
    Volte mais, é sempre um prazer.

    bjo

    ResponderExcluir
  4. Oi menino, já q Quintana, meu ídolo/muso, diz que temos todas as idades dentro de nós, Feliz dias das crianças...hahahah e se quiser me dar presente, prometo não ficar chateada hahahha, bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu sou meio lesada... Já li sobre o seu blog "por aí", aliás, boas referências, mas nunca tinha vindo aqui.
    Agora que vim, gostei muito das postagens. Estarei sempre aqui!
    Lufe, muito bom vc ter levantado essa questão, já que estamos no dia das crianças. Eu lembro da minha infância, na década de 80, e vejo agora a infância do meu irmão mais novo, que tem 10 anos. Quanta diferença!
    Diferença no que se faz, no que se ouve, no que se assite... E infelizmente, as mudanças foram pra piores, o que é lamentável.
    Será que alguma criança ainda assiste Chaves? Pica-Pau, tom e Jerry, Pernalonga... Não vejo mais crianças na rua, brincando de pique esconde, e outras brincadeiras que marcaram minha infância (a violência tbm nao permite mais que se reúnam e brinquem na rua, o que é lamentável).
    E a piadinha, eu só digo isso: CRIANÇAS!! rsrs
    Beijos, fique na paz

    ResponderExcluir
  6. é feliz dias mesmo...rs..pq todo dia é dia...hahah

    ResponderExcluir
  7. Oi Guri!

    Feliz Dia das Crianças! Nós que gostamos de uma boa piada nada mais somos do que crianças grandes! Como diz minha filha, ficamos brincando de adolescentes....rs

    Bahhh guri....que saia justa que o Tio dos óculos ficou!Fez mal feito,se danou...rs. Quem mandou se meter com a empregada???Me poupe!!!!!!Diga a teu freguês que ele já era...rs

    ResponderExcluir
  8. É...boa pergunta: o quê fazer?
    Abçs e obg pelos parabéns!

    ResponderExcluir
  9. Bom dia Lufe!!!
    Ótimo texto Lufe e esta ai um assunto muito preocupante,criança virando adulto muito cedo e adulto que não sabe cuidar de uma criança, rodinhas de meninas de 12 a 14 aninhos no meu tempo, discutiam sobre o batizado das bonecas, o menino que era bonito na escola, o parque de diversão novo perto de casa... Hoje?
    elas tentam descobrir qual é a menina que ainda é virgem para tirarem um sarrinho, fumar então, quem não der uma tragada é careta... Meu Deus, é triste... o que pensar? o que fazer? como evitar?
    MAS...os pais estão bem mais interessados em trabalhar e ganhar dinheiro para a casa nova ou o carro, na independencia de cada um, na disputa para ver quem ganha mais e bla, bla, bla
    É Lufe, é dificir heim purdemais da conta uai e essa num tem minerim qui de jeito..
    Quanto ao cliente ai em cima- Rapaz que cara safado heim...
    Quanto ao dia das crianças..Palabéns ué pla nóis tamém ki nunca dexemu de xer clianxas né miguinhu
    Quanto ao seu blog... UAU, Adoro!!!
    Quanto a sua visita no meu.. ATÉ QUE ENFIM NÉ DOUTOR LUFE, O SENHOR DEU O AR DE SUA GRAÇA.

    E VIVA AS CRIANÇAS, DEUS ABENÇõe TODAS.
    Beijosssssssss Lufe e um super feriado prôce...

    ResponderExcluir
  10. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Ele não vai conseguir explicar é nunca!
    Booooooooooooa guri! rsrs

    Adorei o texto!
    E feliz dia das crianças pra todos,
    que mesmo não sendo mais crianças,
    que a criança nunca morra dentro de cada um de nós!

    Beijo Lufe!

    ResponderExcluir
  11. Olá Lufe!

    Esta da criada fez-me lembrar uma, que se passou aqui, um casal já alguns anos casado, não conseguia fazer filhos, um dia ele foi para o trabalho de manhã, mas esqueceu-se de qualquer coisa, volta para traz e ao entrar no quarto estava um gajo, com a cabeça no meio das pernas da mulher,e então ele muito descontraído da vida, disse para a mulher, pois cá está, eu faço os filhos e este gajo vem os comer.

    Gostei desta.
    CARTA DE ABRAHAM LINCOLN AO PROFESSOR DO SEU FILHO

    Abraço,
    José.

    ResponderExcluir
  12. Lufe, gostei muito da piada. Como sempre vc dá um colorido todo especial... ;)

    Mas, o texto do Abraham Lincoln...
    Me emocionei de verdade!!!
    Vou copiar e guardar.
    Quero que meu filho leia.
    É lindo!!!

    Beijo grande

    ResponderExcluir
  13. rsrsrsrs Êita que ri...ao mesmo tempo suas reflexões são super pertinentes. Dá pano prá roupa completa e, infelizmente, é com as consequências provocadas pela tal modernidade e "liberdade" (sem limites) que ganho o pão meu de cada dia!
    Beijuuss n.c.

    www.toforatodentro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Born,

    Nessa vida que a gente leva, se não resgatarmos essa criança dentro de nós, aí que a coisa fica feia....

    bjos

    ResponderExcluir
  15. Anne,

    São coisas a se refletir...
    Isso exige maior dedicação, mais tempo com eles, mais afeto...
    E corre pro trabalho....
    Temos que repensar.

    bjo

    ResponderExcluir
  16. Bom dia , Lufe !!!

    Gostei da piada , mas , realmente
    ela some depois de ler a CARTA DE ABRAHAM LINCOLN .
    Linda , pena que fora de moda nos dias atuais ...
    Aff , nem vou comentar sobre o que sinto das crianças de hoje em dia .
    Sou da época que se brincava de bonecas , de comidinha , de roda , e tantas outras coisas ...

    Enfim , é o progresso destruindo
    essas purezas .


    Deixo BjO Grande e Te Desejo um Dia das Crianças
    com Toda a Magia que deveria estar contida nele.

    ResponderExcluir
  17. Sandra,

    Cê acredita que ela perdoou ele?
    Ela passou até a apertar a barriga dele com mais frequencia, e mandou a "sopradora" embora.....rsrsrs

    bjos

    ResponderExcluir
  18. Rosane,

    Foi o que eu disse pra Anne, temos que refletir, cuidar mais, acarinhar mais, eles não podem perder as referencias, e elas somos nós.

    bjo

    ResponderExcluir
  19. Bianca,

    É um prazer ve-la sorrir.
    Escuto daqui uma gargalhada gostosa.
    A criança dentro de nós nunca morre, as vezes adormece, cabe a nós mante-la desperta.

    bjoca

    ResponderExcluir
  20. José,

    Essa do casal é otima, dava um bom caso....rsrs

    Este texto é sensacional, uma lição.

    um grande abraço.

    ResponderExcluir
  21. Rê,

    Este é mais um dos diversos textos que gostaria de ter escrito.
    Vale uma demorada reflexão.
    Exemplo, cuidado, orientação, afago, repreenção, afeto, conversa diaria, tudo na hora certa.
    Animal filhote, com um ano é adulto.
    Os nossos filhotes levam anos para amadurecerem e se os pomos no mundo, grande parcela do que foem na vida adulta, certamente vem de nós.
    Things of the life! Mas é muito bom!!!!

    bjo

    ResponderExcluir
  22. Regina,

    É preciso um divã tipo lotação, um só não cabe todo mundo....rsrs
    Se não houver o cuidado à epoca da eclosão do fruto, até o amadurecimento, a fruta pode bem apodrecer, e é dificil a volta.
    Realmente tem pano pra montar um figurino...rs

    bjo

    ResponderExcluir
  23. Malu,

    Mas o resgate destes valores é muito importante e temos que preserva-los e divulga-los sempre.
    Se julgarmos perdida essa causa, ela assim o será.
    As gerações se sucedem e não podemos deixa-las continuarem nos mesmos erros.
    Temos que repensar a vida, esse consumismo desenfreado, o ter acima do ser, é nossa essa luta.
    É uma luta ingloria, principalmente com os exemplos que temos a toda hora na midia.
    Mas é sempre tempo de se modificar costumes, resgatar valores, promover o bem estar e a felicidade.
    Os cabelos (hair) não mudaram o mundo?
    Estamos em outra encruzilhada e como disse o gato da Alice, se "não soubermos que caminho tomar, qualquer caminho serve".
    A gente tem que começar a escolher o caminho e começar a trilha-lo.
    Cabe a nós mesmos essa escolha.
    E esse papo sai de uma piada.....rsrsrs

    bjos, bjos

    ResponderExcluir
  24. Lufe, que seja feliz o dia de hoje, que seus textos sejam sempre apimentados com um pouquinho da alma de ser criança!
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  25. Regina Laura,

    Lembrei de outra coisa de suma importancia:
    Bons tempos aqueles em que se podia mandar uma carta deste quilate aos professores, aos "mestres".
    Eles eram fator preponderante na formação de novas gerações. Hoje....
    Outro fato a se repensar e debater exaustivamente...

    bjo

    ResponderExcluir
  26. Oi !
    Nssa qdo eu comparo a minha infancia e o qto eu era boba ate bem velhinha com essas criancas de hj eu me choco !!!
    Eu chego a achar feio essas criancas super inteligententes e querendo bancar as maduras afffffffff... !
    Agora qto a piadinha...esse é outro drama...como crianca é sincera hahahaha...isso ainda nao mudou rs !!!
    Faz tempo que não venho aqui ...tempo 3 dias rs...estava ausente e agora to meio doente com dores de garganta..meio mole affffffff...esse frio e calor junto ainda me matam !
    Beijooooooos

    ResponderExcluir
  27. Priscilla,

    Eu eu acho que a gente pode falar sobre qualquer assunto, cada coisa a sua hora, de uma forma mais leve, com bom humor, mas sem vulgaridade.
    É sempre bom lembrar que qualquer assunto que se toque, tem tambem um contexto e muita coisa pra se refletir.
    Uma pimentinha sempre faz bem, tempera a vida, só não pode ser demais, pois desanda a receita.

    bjo

    ResponderExcluir
  28. Aninha querida,

    Tava mesmo sentindo sua falta....melhoras procê!
    Acho interessante você falar nisso, pois criança realmente deixou de ser criança. Eu acho isso muito feio, criança é criança. Tudo tem a sua hora.
    Se amadurecer igual banana no carbureto, não da tempo de absorver a essencia,o sabor fica ruim, falta alguma coisa.

    Aspirina, agasalho e cama procê...
    E um grande beijo

    ResponderExcluir
  29. Eu escolho mudar o mundo , Lufe !!!
    Quero ser da turma do HAIR.


    Dizem as más linguas que nunca cresci , ...KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ...
    Já tô começando a achar que é verdade ! Hehe

    Eu quero mais é brincar de roda por muito tempooooooooooooooooooooo ... :)

    BjO.

    ResponderExcluir
  30. Malu,

    A sua sensibilidade é a fonte da sua juventude...

    bjo

    ResponderExcluir
  31. LUFE,

    Primeiro, o mais importante: que carta! Que carta a de ABRAHAM LINCOLN AO PROFESSOR DO SEU FILHO! A MALU, nada pessoal, apenas li os comentários de todos, disse que isso está fora de moda. FORA DE MODA? O que é isso, meu Deus? Ele está "pedindo" ao professor (a todos os adultos do mundo) que ensine ou tente ensinar o filho dele e todas as crianças do mundo A SER GENTE. Eu faço isso todos os dias (tenho um de 10 e outra de 3), principalmente com o mais velho que já entende melhor, eu ensino-o a ter caráter, sensibilidade, garra, determinação, força, energia, paz, sabedoria, e coragem. E vejo ótimos resultados. E vejo isso em outras crianças também. Há dez anos venho lidando com crianças e posso falar. Há os perdidos, tão novos e já perdidos, mas há muitos ainda maravilhosos. Sinto muito, mas ensinar na prática e na teoria, a SER GENTE, nunca está fora de moda.


    Você contou uma piada, mas que piada verdadeira... Sei de tudo isso... uma dificuldade, meu caro, uma dificuldade, às vezes, na hora H, um grito lá fora. Rs!...

    Beijos,

    Suzana

    P.S.: vou copiar o texto e guardar para mim. Eu não o conhecia. Obrigada por compartilhar.

    ResponderExcluir
  32. Lufe,

    Não consegui copiar, quer dizer, a cópia ficou extremamente apagada, estranho... não entendi.

    Você poderia enviar a carta para mim via e-mail?

    Desde já,

    Obrigada!

    Beijos,

    Suzana

    ResponderExcluir
  33. Lufe,
    a piada é boa mas a Carta é maravilhosa!
    Ontem no meu post sobre Emma Bovary eu ia comparar a indiferença dela com a filha com as crianças que têm uma agenda maior que de um executivo. Acabei tirando essa parte, aí venho aqui no boteco e acho seu texto falando exatamente o que penso, obrigado!
    abs
    Jussara

    ResponderExcluir
  34. Ah Lufe, tinha esquecido..
    obrigada pelo elogio lá no blog de Rafa viu?
    Você que é um anjo *-*

    :*

    ResponderExcluir
  35. Suzana,

    Já foi...
    Agradecer praque?
    O que precisar ou quiser é so falar...

    bjo

    ResponderExcluir
  36. Jussara,

    Alguma coisa daqui, saiu daquilo que seu post me fez pensar. Eu te disse lá, que existem Emmas aos montes por aí.
    O pior que eu acho, é que nos estamos construindo esse mundo. Acho necessaria nova revolução de costumes, redescobrindo os reais valores.
    Acho muito valido qualquer movimento de preservação do verde, dos animais, e etc...
    Acho mesmo!
    Mas acho que a gente deveria criar uma ONG de preservação da dignidade humana, antes que ela seja extinta!

    bjo

    ResponderExcluir
  37. Bianca querida,

    Eu falo o que penso, de coração...
    A sua maturidade, sensibilidade, delicadeza, inteligencia, douçura, te fazem uma pessoa especial.

    bjoca

    ResponderExcluir
  38. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, menino danado esse.
    Mas foi sincero ué: A mãe tira a gordura da barriga do pai, mas a empregada sopra de volta hahahahahahahahahha, jesusssssssss kkkkkk!!


    PS: Lufe, incrivel como seus textos me fazem voltar ao passado.
    Realmente, minha infância era assim tbm.
    Era tão saudável.
    Hoje, um récem nascido, já tem até celular nas mãos. Pena isso....
    Qto ao texto do Abraham Lincoln, copiei tá?
    Chamei a filhota aqui do lado e pedi para que ela lesse.
    Obrigada por compartilhar! Mesmo!

    Beijooooooo!!!

    PS: Eu já disse que adoro ôce????

    ResponderExcluir
  39. Sil,

    Já tava sentindo sua falta....

    Dá pra resgatar isso, se a gente se empenhar...
    Dá trabalho? Claro que dá, e muito...
    Mas atenção, afeto, exemplo, valores, só custam o nosso tempo. As vezes se a gente não se preocupar tanto em ter, a gente tem tempo pra ser.
    E ajuda a preparar o que vem pela frente....
    Esse texto do Lincoln é um texto que deveria se enviado a todos os pais e professores, os principais responsaveis pela formação das proximas gerações.

    Um beijo, querida.

    ResponderExcluir
  40. Oi Lufe, teu freguês tá enrolado. Mas pior é o coitado deste menino que um dia desses vira um avatar, azul e orelhudo. Saudades das queimadas de rua, dos joelhos esfolados e das nem tão inocentes brincadeiras de médico.

    ResponderExcluir
  41. Malu,

    Me preocupo mais com o menino do que com o pai.
    Será que a gente consegue mudar alguma coisa?
    Brincadeira de medico era bom, quanta descoberta....rsrsrs

    bjo

    ResponderExcluir
  42. AH Lufe, tem horas que eu desanimo, viu. Mas na maioria das vezes vejo que estou no caminho certo. Bom conhecer pessoas como você que acreditam em uma vida mais solidária e menos mercenária.

    ResponderExcluir
  43. >>> Eu sou Ricardo do Recanto das Emas, Brasília-DF sou comedor de esposinhas e quero meter minha pica em casadas, grávidas, gringas, noivas, solteiras, viúvas sedentas, mulheres coroas. Adoro comer as esposinhas dos meus amigos na frente deles.

    >>> fudedor.de.esposas.df@hotmail.com
    >>> (61) 8456-6055 Operadora OI.
    >>> (61) 9285-0356 Operadora CLARO.
    >>> BRAZIL Brasília-DF (Recanto das Emas)

    ResponderExcluir

Entre no papo, comente!
Sua opinião é sempre bem vinda!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...