Tela do artista plástico moçambicano Antero Machado.

Tela do artista plástico moçambicano Antero Machado.

terça-feira, 28 de maio de 2013

O FRANGO!




PORQUE O FRANGO ATRAVESSOU A RUA?

Recebi um texto por e-mail e achei bastante interessante. Dando uma olhadinha na net percebi que varias pessoas o completaram, acrescentando novas visões. Dei tambem o meu pitaco e apresento aqui essa coletânea. É longa, mas é deliciosa, pela sua criatividade. Um frango atravessou a rua e, este simples ato, foi interpretado assim por diversas pessoas, todas elas conhecidas, cada um com o seu intelecto, cada qual a sua maneira:

Platão: porque queria alcançar o bem
Aristoteles: porque é da natureza do frango atravessar a rua
Sócrates: tudo que sei é que não sei.
Parmênides: o frango não atravessou a estrada porque não podia mover-se. O movimento não existe
Blaise Pascal: quem sabe? O coração do frango tem razões que a própria razão desconhece.
Sartre: trata-se de mera fatalidade. A existência do frango está em sua liberdade de cruzar a estrada.
Pavlov: porque antes eu tocava uma sineta e oferecia alimento ao frango do outro lado da rua. Agora, após vários experimentos iguais, basta tocar a sineta sem lhe dar alimento que ele a atravessará. É o condicionamento!
Clarice Lispector: a essência do frango está nas suas patas. As patas têm o frango. Quem vê as patas, vê o frango. A essência das patas é o correr, o correr abstrato. A estrada é a essência do correr. Quem vê o correr, vê a estrada.
Hipócrates: devido a um excesso de humores em seu pâncreas.
Kant: o frango seguiu apenas o imperativo categórico próprio dos frangos. É uma questão de razão prática.
Estóicos: o frango atravessou a estrada porque esse é um acontecimento necessário. É o destino. Já estava previsto pela ordem universal do cosmos.
Epicuristas: é prazeroso ao frango atravessar estradas. O que você acha, amigo?
Filósofos da escola de Frankfurt: é uma questão medíocre imposta pelos mentores de uma arte de massas que transformou a imagem de um frango em mais um produto da indústria cultural.
Filósofos medievais: para responder a tal questão, devemos primeiro deliberar se a expressão “frango” é puro termo esvaziado de sentido ou se a palavra que expressa a idéia genérica e universal de frango, ou ainda se se trata de um frango concreto em particular.
Schopenhauer: no ato de atravessar, está fugindo de si mesmo numa tentativa de aliviar o tédio e sofrimento que é estar vivo neste mundo sem sentido.
Newton: 1) Frangos em repouso tendem a ficar em repouso; frangos em movimento tendem a cruzar a estrada. 2) por causa da atração gravitacional exercida pelos outros frangos que já estavam do outro lado da estrada.
Descartes: o frango pensou antes de atravessar a rua; logo, existe!
Rousseau: o frango por natureza é bom; a sociedade é que o corrompe e o leva a travessar a rua.
Freud: na verdade a rua representa a relação com o seu progenitor, e o frango não é bem um frango....
Darwin: ao longo dos tempos, os frangos vem sendo seleciuonados de forma natural, de modo que, atuamente a sua evolução genética fe-los dotados da capacidade de cruzar a rua
Einsten: se o frango atravessou a rua ou a rua se moveu em sua direção, depende do ponto de vista. Tudo é relativo!
Marx: o atual estado das forças produtivas exigia uma nova classe de frangos capazes de atravessar a rua.
Netzche: ele desejava superar a sua condição de frango para tornar-se um super frango.
Martin Luther King:eu tive um sonho. Vi um mundo no qual todos os frangos podem cruzar a rua sem que sejam questionados os seus motivos. O frango sonhou.
George W Bush ; Sabemos que o frango atravessou a rua para poder dispor de seu arsenal de armas de destruição massiva. Por isso tivemos que eliminar o frango.
Obama: yes, he can
Feministas: Para humilhar a franga, num gesto exibicionista, tipicamente machista, tentando, além disso, convence-la de que, enquanto franga, jamais estará habilitada a cruzar a rua!
Datena: E uma pouca vergonha! Uma barbaridade...pôe no ar...pôe no ar aí as imagens do frango atravessando a rua!
Paulo Maluf: meu governo é que construiu o maior numero de passarelas pra frangos. Se novamente eleito, vou construir mais galinheiros desse lado para o frango não precisar atravessar. Alem disso, vou colocar a ROTA na rua, para dar mais segurança para o frango
Maquiavel: o que importa o porque? Estabelecido o fim de atravessar a estrada, é irrelevante discutir os meios  que utilizou para isso
Che Guevara: hay que cruzar la carretera, pero sin jamás perder la ternura
Capitão nascimento: Quem deixou o frango passar? Não era pra passar nenhum frango, porra!Esse frango è um moleque! Me traz o saco plástico e um cabo de vassoura que esse fanfarrão vai abrir o bico!
BILL GATES: Eu acabei de lançar a Chicken Office 2000; além de atravessar ruas, põe ovos e manda e-mails!
Capitão Kirk: Para ir onde nenhum frango jamais esteve
Lula: Eu não sabia que o frango tinha atravessado a rua. Mas se atravessou, nunca antes, na história deste país, um frango pôde atravessar a rua.
Faustão: Ô loco meu, olha essa fera aí atravessando a rua! Quem sabe faz ao vivo!
Dilma - "O frango atravessou pra ir receber o BOLSA MILHO, que acabamos de criar para garantir a igualdade social dos frangos menos favorecidos"..
HELOISA HELENA:A culpa é das elites estelionatárias, caucasianas e aristocráticas que usurpam a população de galinhas e mostra a sua capacidade de luta em defesa dos seus direitos. 
Shopenhauer: No ato de atravessar, esta fugndo de si mesmo numa tentativa de aliviar o tédio e sofrimento que é estar vivo nesse mundo sem sentido.
Shakespeare: Atravessar ou não atravessar, eis a questão!
Agnósticos: é impossível saber se o frango realmente atravessou a estrada. A incerteza há de pairar eternamente sobre esta questão.
Céticos: dizem que ele atravessou, mas será que atravessou mesmo? Precisamos investigar tal questão detidamente antes de fazer qualquer declaração a respeito.
Investigadores forenses: as evidências coletadas no local da travessia indicam fortemente que o frango de fato atravessou a estrada.
Ateus: o frango não atravessou a estrada porque ele não existe. Isso é uma crendice estúpida.
Deterministas: o frango não teve escolha. Aliás, nunca terá escolha, o livre-arbítrio não existe.
Parapsicólogos: todos sabemos que ele atravessou a estrada. Entretanto, o frango não o fez com seu corpo material. O fenômeno se deu através de uma bilocação de natureza ectoplasmática possibilitada pelo seu corpo astral que transcende as leis da física. Ele, por desejar intensamente estar do outro lado da estrada, foi capaz de desmaterializar-se e teletransportar-se mentalmente a fim de realizar seu ardente anseio. Pesquisas de cunho científico já provaram que isso é possível. Blá, blá, blá e blá… mais informações em nosso centro de pesquisas www.blablabla.we.lie.
Cristãos: isso é um mistério que somente Deus pode responder.
Espíritas: o frango cruzou a estrada porque incorporou um espírito aventureiro.
Evangélicos: porque Jesus o ama.
Edir Macedo: por 10% que eu te conto.
Sabedoria popular: porque o lado de lá é sempre melhor.
Chapolin Colorado: todos os meus movimentos são friamente calculados.
Surfista: o bicho atravessou cara?… que demais… bicho manêro…
Maconheiro: olha isso cara… que viagem…
Fazendeiro: por causa de que arguém deixou a porta do galinheiro aberta.
Hemingway: to die alone in the rain.
Moisés: porque uma voz vinda do céu bradou ao frango: “cruza a estrada”. Então o frango cruzou a estrada e todos se regozijaram.
Ambientalista: Era um frango transgênico, não era?
Shintoista: Porque assim tem sido feito desde tempos imemoriais!
Sabio popular: porque o lado de lá é sempre melhor. 
Polyanna: Porque estava feliz.
Pinochet: El se fué, pero tengo muchos penachos de el en mi mano!
ACM: Estava tentando fugir, mas já tenho um dossiê pronto, comprovando que aquele frango pertence a Jorge Amado. Quem o pegar vai ter que se ver comigo.
Dorival Caymmi: Eu acho (pausa)... - Amááália, vai lá ver pra onde vai esse frango pra mim, minha filha, que o moço aqui tá querendo saber..
Paulo Coelho: Para exorcizar seus demônios internos e entrar em harmonia com seu espírito. Atravessar a estrada é um ritual simbólico de passagem pelas tormentas da alma em busca de seu próprio caminho, como São Tiago de Compostela
Hitler: Para provar a superioridade dos frangos arianos. 
Carl Jung: Está no inconsciente coletivo dos frangos atravessar a estrada. 
Gugu: Para ver o Pintinho Amarelinho.
Umbandísta: Cruzou a estrada para não virar ebó na encruzilhada..!!!
Ludvigg Van Beethoven: Tchan tchan tchan tchaaaaan!!!
Zeca Pagodinho: Porque do outro lado da rua tinha uma Brahma gelada
Nelson Rodrigues: Porque viu sua cunhada, uma galinha deliciosamente sedutora, voluptosa, passeando sozinha do outro lado. 
Caetano Veloso: O galinho é amaro, é lindo, uma coisa assim amara. Ele atravessou, atravessa e atravessará a estrada porque Moreno, neto de D.Canô, quisera comê-lo...ou não!!
Gilberto Gil: Esse menino, o frango traz consigo toda essa coisa linda de ser ave, ser um bicho penoso, no sentido de aflorar em si enquanto ser de pena toda uma franguitude, que é brasileira, que é do povo, do bicho, do ser que solta sua franga para além das fronteiras da rua, e isso é lindo!
Pedro Bial: Pra dar mais uma espiadinha.

Carla Perez: porque queria se juntar aos outros mamíferos!

Nota: Adaptado de texto recebido por e-mail


 

14 comentários:

  1. ahahahah! rachei!

    E não dá idéia desse Bolsa Milho, que é capaz do governo lançar mesmo.
    grande abraço, Lufe! (estou voltando pro mundo do blog)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alexandre, nessa época que antecede as eleições, muita bolsa ainda vai ser criada....rs
      Volta mesmo, você faz falta nesse mundo da blogsfera.

      abços

      Excluir
  2. Adorei,
    mas com certeza a melhor é a do fazendeiro "alguém deixou a porta do galineiro aberto", as vezes a explicação é tão simples! e vem gente complicar.
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jussara,
      ou apenas "atravessou porque quis".....rsrs

      bjo

      Excluir
  3. Jubiart: Atravessou para beber água no rio Tocantins.

    Kkkkkkkk Lufe me acabei, a do Caetano ficou ótima! E cuidado com a bolsa milho... a ideia pode pegar kkkkk

    Bjãooooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia,

      não pense que é impossivel, esse pessoal populista tem ideias que parecem retiradas de um livro de piadas...rs

      bjo

      Excluir
  4. Lufe, o texto realmente é muito bem bolado, capturando a essência de cada autor/pessoa/personalidade acerca do que falaria sobre o frango...li uns ótimos, mas o final fechou com chave de ouro! hahahaha. Um abraço!

    ResponderExcluir
  5. Quem acompanha meus comenta'RIOS, viram que desde muito antes das eleicoes eu citava a eleicao como um circo, onde o povo e' o palhaco,,,mas eu nunca entrei nesse picadeiro. Nunca votei nessas urnas eletronicas,,,nem para votar em branco, pois eles fariam o que quizessem. Na verdade tem-se que ser muito tolo pra participar desse circo. SEMPRE FALEI A VERDADE DESSAS URNAS ,,,,E AGORA TA' AI PROVAS QUE SEMPRE ESTIVE CERTO. Leia o relato a seguir e entenda porque a bandeira do VOTO IMPRESSO deve ser a principal reivindicação dos movimentos e protestos atuais.
    Sem essa conquista, será como disse em post anterior: Para fraudar uma urna eletrônica tem que se mexer em seus Flash Cards, que são um interno e um externo ou mexer na programação que é colocada na própria fábrica.
    As urnas eletrônicas brasileiras são fabricadas pela Diebold. Essa empresa só faz sucesso no Brasil. Nas eleições americanas ficou provado que as urnas roubaram votos de Al Gore e também nas eleições legislativas.
    Um fato importante é que em 2008 o TSE trocou o software das urnas (leia notícia), que era Windows, por software Livre, especialidades de Richard Stallmann e Marcelo Branco.
    Será que com software livre ficou mais fácil fraudar? Aqui temos um vídeo (o segundo da coluna esquerda) que mostra o estudo da Universidade de Princeton nos Estados Unidos sobre as urnas eletrônicas da Diebold.
    Eles provam que as urnas não são seguras e pode-se introduzir um software malicioso que desvia os votos para o candidato que o programador quiser. E no final das eleições o software malicioso apaga-se sem deixar nenhum vestígio. Nos Estados Unidos aconteceu hackeamento das eleições entre Bush e Al Gore. Os americanos mexeram-se e proibiram as urnas eletrônicas.
    Assistam ao documentário da HBO Hacking Democracy, 3º video à esquerda. Agora vem uma parte bem interessante e fundamental para coroar de êxito a fraude das urnas.

    Em janeiro de 2010 aconteceu a Campus Party Brasil em São Paulo. O diretor da Campus Party era Marcelo Branco.

    Ele trouxe para o evento grandes nomes internacionais ligados a software livre. Também esteve na Campus Party Scott Goldstein, marqueteiro de Barack Obama e, segundo analistas especializados, o responsável pela vitória de Obama nas eleições americanas. Esse marqueteiro foi contratado por Dilma Rousseff para sua campanha. Agora o convidado que Marcelo Branco trouxe para a Campus Party 2010 que pode ter tido um papel fundamental para a fraude das urnas, Kevin Mitnick (@kevinmitnick), um hacker americano que ficou preso por cinco anos e hoje é um superstar e faz palestras por todo o mundo e tem uma empresa de segurança nos Estados Unidos.

    Ele estava em São Paulo entre os dias 23 de setembro a 2 de outubro de 2010. Ele só tinha um compromisso no dia 30 de setembro no Hyatt Hotel, uma palestra. O que esse amigo tão especial estava fazendo em São Paulo até as vésperas da votação do primeiro turno das eleições presidenciais? Ele postou algumas coisas no twitter. Ele fez compras na FNAC e na Santa Ifigênia, rua de são Paulo que só vende produtos eletrônicos. Quer saber algo estranho? Kevin Mitnick esteve em Salvador, Bahia, em 2002. Quem morava lá nessa época? Duda Mendonça. Leiam isso nesse site ,,,http://lorotaspoliticaseverdades.blogspot.com.br/2013/07/democracia-hackeada-como-o-pt-fraudou.html

    ResponderExcluir
  6. Muito engraçado mesmo! Adorei todos as conclusões mas a do Hitler, Einstein, Darwin, Bill Gates, Newton, Descartes e Obama estão de rir mesmo! Achei imensa piada à do Einstein e Newton uma vez que ambos têm a ver muito com a minha área de estudo.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. O frango atravessou e eu nem vi. Mas cheguei aqui neste bar. Por onde andas, meu amigo?

    ResponderExcluir
  8. Lufe, anda sumido... espero que esteja tudo bem contigo. Passei para desejar um natal maravilhoso, com luz, paz, amor e alegria. Que 2014 seja espetacular! Um abraço!

    ResponderExcluir
  9. Olá conheci seu blog através de uma amiga e irmã.
    Suas postagens são interessantes e esclarecedoras, e de um modo geral irá produzir frutos.
    Continue nesta missão, de espalhar o que de melhor existe: O AMOR!!!

    FELIZ PÁSCOA!!!

    A propósito, caso ainda não esteja seguindo o meu blog deixo aqui o convite, acesse o link abaixo:

    Fruto do Espírito

    Minha Fan Page

    Blog do meu amado
    Discípulo de Cristo

    Em Cristo,
    ***Lucy***

    ResponderExcluir

Entre no papo, comente!
Sua opinião é sempre bem vinda!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...