Tela do artista plástico moçambicano Antero Machado.

Tela do artista plástico moçambicano Antero Machado.

domingo, 26 de dezembro de 2010

Papo de Buteco 40 - A carta.

Eu sempre tive muito medo da palavra escrita, principalmente quando ela envolve sentimentos. As palavras grafadas são duras, impessoais, sem a impressão real de um interlocutor frente a frente, olho no olho. Uma carta ou um e-mail, é uma conversa de um lado só, extremamente unilateral.
Você a escreve com o sentimento do momento, com as palavras que naquele momento exprimem, para você claramente, o que sente.  O interlocutor ao lê-la, coloca ali os seus sentimentos, as suas impressões, as suas interpretações. 
Ele pode ter guardado alguma impressão, que não foi dividida em algum contato anterior e essa impressão interfere na hora da leitura.  Uma só  palavrinha fora do lugar....
As palavras escritas não tem expressão facial, não tem modalidade de tom, de força, de suavidade ou rispidez, elas ficam sujeitas ao estado de espírito de quem as lê.
Eu tenho uma tranqüilidade absoluta quando escrevo sobre temas impessoais, chegando mesmo a ser até bem didático, claro, objetivo.
Com as correspondência pessoal, não, e varias vezes já meti os pés pelas mãos, pela interpretação inadequada, as vezes até injusta, daquilo que eu realmente tive intenção de dizer. Principalmente se existe um mal entendido entre os dois. E depois que o estrago esta feito, é muito difícil o reparo. A desconfiança se instala e fica extremamente difícil repará-la. Normalmente estas correspondências se dão pela distancia física dos interlocutores e o espaço de tempo entre elas pode causar danos até irreversíveis. 
Definitivamente, não gosto delas.
Isso me veio a lembrança devido ao fato que aconteceu com um rapaz, estudante de medicina, que faz residência no Hospital bem próximo aqui do Buteco.
Ele sempre falou de uma namorada que tinha no interior de Minas, pela qual era apaixonadíssimo e queria ficar noivo, para casar assim que terminasse o seu período no Hospital. Chegou aqui um dia, todo entusiasmado, feliz da vida  me mostrando a aliança que comprara, dizendo que em um futuro bem próximo iria até a cidade dela e pedir ao Coronel, pai da moça, a sua mão em casamento.
Antecipando o inverno rigoroso que sempre assolava a terra dela, ele foi a uma loja de departamentos e comprou uma lindo par de luvas de pelica, que lhe daria de presente no Dia dos Namorados, já prevendo o frio que viria.  Ele as enviaria aquele dia mesmo, acompanhada de uma carta à mocinha. Já fazendo um meio de campo.
Dias depois, o rapaz aparece desesperado, pois um engano havia ocorrido no envio, e o pai da garota estava atrás dele, com espingarda em punho, querendo aplicar-lhe um corretivo. 
O casamento, bau bau, foi pras cucuia.....
Ele me disse que escreveu a carta e deixou-a sobre a cama ao lado do embrulho com as luvas, e pediu a uma das enfermeiras que o enviasse pelo Correio.
Ela foi ao quarto, pegou a carta e o embrulho e os colocou na bolsa, para ir ao Correio na saída de seu turno, dali a pouco.
Acontece que por coincidência, ela havia passado naquele dia na mesma loja e comprado uma calcinha, bem sexy, que pretendia usar na próxima saída com o namorado. 
Como eram da mesma loja os embrulhos eram bem parecidos.
Na hora de enviar a correspondência do jovem ela distraidamente pega o embrulho com a calcinha e o envia à namorada do médico juntamente  com a carta.
Ele me mostrou a copia da correspondência e eu a reproduzo para vocês:


O Coronel tem ou não tem razão de estar atrás do rapaz?
E é o que eu disse lá em cima, depois dessa adianta ele tentar explicar alguma coisa?
Se eu fosse ele nunca mais aparecia por lá......


30 comentários:

  1. Bom dia, Lufe...

    Visita para ler seu post (que para variar gostei e está ótimo, como sempre...rs) e desejar um 2011 repleto de PROSPERIDADE a cada dia que se iniciar, com muita SAÚDE, PAZ, AMOR para você, sua família. SUCESSO SEMPRE no seu buteco. Que tenha muitos fregueses e causos para tornar nossos dias mais leves, com risadas, fazendo a diferença. beijos, com Deus.

    ResponderExcluir
  2. Interpretação as vezes cusam muitas confusões, hahahaha!
    Coitado do moço, pode ficar capado, hehehehe!

    Abraços meu amigoooooooooo!

    ResponderExcluir
  3. Oi Lufe!! Bom dia!!!
    Pois é...coitado do moço rsrsrs...deve ter sumido no mundo heim?
    Tenha um ótimo domingo.
    Beijos doces e perfumados!

    ResponderExcluir
  4. hahahhahahahahhahaa

    Muito boa, Lufe. Adorei. rs
    Eu conheci meu marido pelo msn, ele era amigo de uma prima, e começamos a nos falar e nos corresponder por todos os meios possíveis (e-mails, telefones e inclusive, cartas). Posso dizer que nunca houve esse mal entendido. huhauahuahaua
    Ahh, eu faria a moça do hospital ligar para o homem e explicar a confusão que ela causou, afinal, não deixaria o amor ir embora por uma coisa dessas.

    Boa semana, querido. BeijoO!!

    ResponderExcluir
  5. E o que mais me entristeceu foi do fato de que o coitado era inocente! Imagina capado inocente é muito mais cruel que capado culpado, pois o culpado pelo menos aproveitou o que o inocente nunca sonhou.
    hahahah
    Um bj querido amigo.

    ResponderExcluir
  6. hahahaaa,
    Que isso !!
    Tadinho !
    Que complicação hein ...


    adorei !!


    bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Chegando para te desejar que 2011 venha repleto de surpresas maravilhosas p vc!!

    Aproveito para informar que, para abrir maravilhosamente este novo ano, o Mix e a Andros Editora estão com uma mega promoção imperdível!
    Passe lá: http://www.mixculturainformacaoearte.com/2010/12/mega-promocao-andros-editora-e-blogs.html

    Aviso tb que:
    PERCEBI, VISITANDO MEUS SEGUIDORES E OS BLOGS QUE SIGO, QUE NÃO ESTOU COMO SEGUIDOR DA MAIORIA DELES. E NÃO CONSIGO SEGUIR, DIZ QUE O DONO DO BLOG ME BLOQUEOU...
    QUERIDOS ESTOU SEGUINDO VOCÊS SIM VIU? SÓ NÃO CONSIGO MAIS ME INSCREVER NOVAMENTE NOS SEGUIDORES...

    ResponderExcluir
  8. Quando um mal entendido fica difícil de ser desfeito...
    Aproveito e deixo-te que o ano vindouro venha cheio de energias positivas...
    Abçs*

    ResponderExcluir
  9. Lufe, depois dessa mas nem com reza braba...kkkkk
    O que não faz um pequeno engano né?
    Beijão

    ResponderExcluir
  10. Regina,

    Que você tenha um ano de muita saúde, paz e amor.
    O ano que vem certamente estaremos por aqui de braços abertos...

    Bjo


    Guará,

    Não conferiu o embrulho, acabou se metendo em um....rsrs

    Abço


    Majju,

    Se aparecer na frente do Coronel, com aquela espingarda de caçar veado na curva....rsrsrs

    bjos

    ResponderExcluir
  11. Oi Ká,

    Arrumou pela Net, foi?...rs
    Esse comentário surgiu de um poema que eu vi a algum tempo onde o poeta dizia: “A palavra é uma moldura vazia onde a vida preenche a tela.”
    Ele quis dizer com isso que, quando a gente solta a palavra, ela sai com a conotação que damos a ela, com a nossa vivencia, no caminho ela se esvazia e quando chega no interlocutor ele a preenche com a sua vivencia, com a sua maneira de ver as coisas. As interpretações podem ser completamente diferentes. As palavras nunca podem ser levadas ao pé da letra, sem avaliarmos o contexto de quem a emite. Se a avaliarmos somente pelo nosso contexto, ela não necessariamente dirá a mesma coisa. Quando a pessoa te diz “mãe”, imediatamente você pensa em mãe de acordo com o seu referencial que é a sua mãe. Se ela for uma mãe carrasca, que lhe espancava, essa palavra certamente não será uma palavra que te trará boas lembranças.
    O seu exemplo, nos mostra que vocês se encontravam em sintonia e tanto é verdade que estão juntos. Mas nem sempre é assim. A vivencia de cada um dá o tom da interpretação e as vezes nem uma boa explicação resolve o problema.

    bjos

    ResponderExcluir
  12. Gisa,

    Mas não tem aquela historia que os inocentes pagam pelos pecadores?
    E se o Coronel já tivesse dado muitos desses presentinhos pras namoradinhas dele?
    Ele iria acreditar na troca?....rsrsrs

    bjos

    ResponderExcluir
  13. Carla,

    Pelo menos agora ele aprendeu que da próxima vez ele mesmo vai ao correio.
    Mas nesses casos não seria melhor ele levar o presentinho ao vivo, sem intermediários?
    Ele até aproveitaria pra dar umas bicotinhas na mocinha....rs

    bjo

    ResponderExcluir
  14. Beta,

    Estão ocorrendo estas coisas estranhas no Blogger, já aconteceu por aqui também.
    Mas eu acho que o mais importante é a presença e os comentários, isso é que vale.
    E isso você sempre faz, não é mesmo?

    Bjos

    ResponderExcluir
  15. Franck,

    Que o ano novo nos traga muita paz, saúde, tolerância e amor.
    As esperanças sempre se renovam

    Um abraço

    ResponderExcluir
  16. Rê,

    Um enganozinho de nada.....
    Se ele nominasse o presente nada disso acontecia...
    O problema foi que o Coronel viu, pois a mocinha já devia estar toda serelepe.....rsrsrs

    bjoca

    ResponderExcluir
  17. kkkkkkkkkk
    Realmente muito bom, Lufe!
    Deu prá riri um bocato na confusão
    que o rapaz se meteu.

    Aproveito para pedir desculpas por não vir aqui
    no boteco tantas vezes como gostaria.

    Estou num projeto novo que toma a maior parde de meu tempo, mas sempre que puder estarei por aqui.

    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  18. Fabinho,

    Nada de desculpas, não são necessárias, todos temos as nossas atribuições e as visitas, mesmo que você as considere esparsas, são sempre bem vindas.
    Tenho acompanhados suas novas fotos e estão se aprimorando cada vez mais.
    Estão excelentes! Parabéns!

    abços

    ResponderExcluir
  19. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    eu ri muitoo
    hahahah
    Esses mal entendidos..
    são demais
    Um Feliz Ano novo pra ti
    cheeeio de luz
    Beijos e Borboletas
    Tudo lindo por aqui!!!

    ResponderExcluir
  20. Lufe,
    Para além dos epílogos, sempre deliciosos, gosto muito dos seus preâmbulos, da forma como, ao fazer a introdução no tema, vai deixando, aqui e ali, diversas considerações sobre a vida...

    Abraço

    ResponderExcluir
  21. Ô dó!! Que delícia de Blog! Parabéns pelos textos e imagens, adorei!
    Cheguei até aqui por uma indicação de amigos da Gisa, e confesso que amei!
    Beijinhos
    Li

    ResponderExcluir
  22. Nesses casos, quanto mais explica, mais complica!!! Gente, que tristeza! Tão bem intencionado tava o moço...!
    Lufe, esse boteco deu o que falar esse ano! Toda vez que vim aqui, me esbaldei! Que bom que te conheci, que bom que pude participar desses papos sensacionais. Espero que continuemos juntos por muito tempo.
    Que 2011 seja perfeito pra vc, que vc consiga realizar todos os seus planos e que isso o faça muito feliz.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  23. Eu gosto das palavras. Gosto delas ditas cok verdade, e, mesmo que sejam cruas demais elas sempre têm algo a adicionar em nossas vidas.
    Estou começando agora por aqui, se der, dê uma passadinha lá pelo meu.

    ResponderExcluir
  24. Oi Lufe!

    kkkkkkkkkkkkk! Mais uma vez adorei!!!

    Como foi seu Natal? Espero que tenha sido bacana, cheio de alegrias!!!

    Estou passando rapidinho, mas retorno ainda esse ano, rsrsrsrsrsrs!!!

    Beijos

    Carla

    ResponderExcluir
  25. rindo e adorando teu boteco.

    Abraço
    Margoh

    ResponderExcluir
  26. Olá Lufe!
    Coitado do jovem médico, não tem como se desculpar diante do Coroné.
    Obrigado por estar sempre por lá no meu cantinho,
    e por nos oferecer estes textos sempre bem humorados, espero e desejo que para o próximo ano nos continuo a brindar com estas maravilhas.

    Um feliz ano novo, junto de todos seus,
    Um grande abraço,
    José.

    ResponderExcluir
  27. Hiuhiuhuihui
    Muito bom!! Adorei! Adoro teu buteco. Um dia quero sentar numa mesa e ouvir os causos de Beagá!
    Beijo, querido.

    ResponderExcluir
  28. Mah

    Adoro esse seu sorriso à la Fafa de Belem.....rsrs

    Um ano novo de muita saúde e paz.

    Que as borboletas te levem um beijo.


    AC,

    A gente não vive só de risos, não é?
    Embora a gente consiga falar de coisas sérias com bom humor, estas questões estão sempre presentes. É sempre bom lembrá-las.

    Abraços e um feliz ano novo.


    Li,

    Seja bem vinda, obrigado pela visita.
    Fui também conhecer o seu cantinho
    E pode ter certeza que “Entre a razão e a Emoção”, você conseguirá os seus 5 desejos para o novo ano, todos eles perfeitamente viáveis. É só querer.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  29. Lua,

    Como eu disse em um post anterior, pessoas como você é que dão vida ao Buteco e eu é que espero contar com sua presença no ano que vem e nos outros que virão.
    Muita felicidade e muitos sonhos, realizados ou não, para 2011.
    O importante é sempre sonhar......

    Bjoca.


    Larisse

    Que bom que você veio enfeitar ainda mais a blogsfera.
    Fui ao seu blog te conhecer e te digo que adorei,
    Você começou muito bem, tem uma cabeça bem legal e com certeza nos enriquecerá com seus “Bocadinhos”tão especiais.

    Um grande beijo de boas vindas.
    As portas do Buteco estarão sempre abertas.


    Carla querida,

    Quando passa, mesmo que rapidamente, fico encantado.
    Esse fim de ano é sempre uma loucura para todos nós.
    Mas a gente se entende, né?

    bjos

    ResponderExcluir
  30. Margoh

    Seja bem vinda.
    Fui te conhecer no teu cantinho e adorei o seu blog.
    Alem das ótimas postagens ele tem um visual bem legal.
    Fiquei fã da sua descrição, da aparente irreverência que eu adoro.
    “Não importa se há ou não luz no fim do tunel assim que entro acendo a minha.”
    E alem do mais você faz um convite irrecusável, onde convida quem esteja disposto a somar a um passeio por um céu especial, “pelo céu da minha boca”.

    Volte sempre, será um prazer revê-la.

    Bjos



    José,

    Estabelecemos um intercambio bem legal este ano, que espero mantermos em 2011.
    É sempre um prazer te-lo aqui no Buteco.
    Mesmo com um oceano a nos separar, nos mantemos próximos nas idéias, nos interesses.
    Um dia destes ainda vou repostar aquele texto maravilhoso que roubarei de você, sobre a “Veíce”....rsrs

    Um abraço



    L ully

    A moça dos olhos luminosos.......
    Que bom que retornou ao Buteco.
    Esteja sempre a vontade para se achegar e papear, seu banquinho esta sempre reservado, é só chegar a assentar. Causo, a gente sempre arruma um....rsrs
    Eu fiquei sabendo que você tambem tem um casinhos daqui pra contar....fiquei curioso....

    bjos

    ResponderExcluir

Entre no papo, comente!
Sua opinião é sempre bem vinda!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...