Tela do artista plástico moçambicano Antero Machado.

Tela do artista plástico moçambicano Antero Machado.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Blogagem Coletiva, - "Solta o Som 2º edição"

 A Vanessa, do Fio de Ariadne, propôs a reedição de uma Blogagem Coletiva, a "Solta o Som 2º edição", onde os blogueiros falariam sobre a sua trilha sonora. 
Isso da pano pra manga
Se for falar da trilha sonora da minha vida então....
Na minha infância, escutei muito baião.
“Ela só quer saber de namorar”... Olé mulher rendeira....
Mais tarde, Elvis, The Pelvis....
A Jovem Guarda, os Beatles, Rolling Stones, e todas as bandas de Rock da época. Os Tropicalistas, Mutantes, Novos Baianos
Paralelamente a Bossa Nova e a MPB, Chico, Edu Lobo, Milton, MPB4, Quarteto em Si e tantos outros.
No final da adolescência, nas rodas de violão, cantava Noel, Pixinguinha, Cartola. Nos bailes só dava Golden Boys....
Ouvi Mutantes, todos do Clube da Esquina, Secos e Molhados.
Estudei em Uberaba, triangulo mineiro e convivi bastante com as modas de viola e a musica sertaneja de raiz, como Tião Carrero e Pardinho...
Na volta, no auge Rita Lee com a sua “banheira de espuma”...
Depois um branco..........
Ai surgiram Blitz, Skank, Engenheiros do Havaí, Paralamas, Renato Russo e tantas bandas boas do novo rock nacional.
Mas eu estou fazendo este preambulo somente para dizer que durante toda essa efervescência, essa miscelânea de ritmos,  as únicas musicas que eu punha para escutar em minhas horas de lazer ou como fundo musical, desde a época da vitrola e hoje no IPod, era o Jazz e o Blues
Essa é a minha trilha sonora! Escuto em casa, no carro, no escritório.
Chick Corea, Dizzy Gillespie, Frank Sinatra, Gene Krupa, Glen Miller, John Coltrane, Nina Simone, Louis Armistrong, Ray Charles, Stan Getz, Wayne Shorter, Sarah Vaughan, Ella Fitzgerald, Billie Holiday, Duke Ellington, Charlie Parker, Miles Davis, Janis Joplin, estes caras e estas mulheres formam o meu fundo musical.
Com a Janis Joplin eu tenho um caso especial, como podem ver aqui.
Hoje em dia, escuto o tempo todo somente uma cantora e compositora, a inglesinha maluca que me encanta, Amy Winehouse
Amy estourou em 2003, com vinte anos, com o álbum “Frank”, já ganhando o Disco de Platina, com uma voz madura e já sendo consagrada como uma artista promissora.Seu segundo álbum, em 2006 , “Back To Black”, com musicas de letras realistas, relatando suas peripécias amorosas e seu problema com álcool e drogas, recebeu vários prêmios, entre eles 5 Grammys.
Ela agora estava trabalhando em seu novo álbum, mas não se sabe o que vem por aí. Ela é sempre surpreendente.
Hoje, ao dar uma olhada para escrever este post vi no site dela:

"23 jun  Amy cancelou todos os seus compromissos".
"Amy Winehouse cancelou todas as performances programadas. Todos os envolvidos querem fazer de tudo para ajudá-la a voltar ao seu melhor e a ela será dado o tempo que for preciso para que isso aconteça."

Como pode uma pessoa tão criativa, dona de uma voz espetacular, se autodestruir como esta menina. Ela segue a trilha de Billie Holiday e de Janis. 
Com a vida que leva provavelmente não chegara aos 30 anos.

A minha trilha atual, aquela que eu me pego cantarolando e que volta e meia ressoa na minha cabeça, é a dessa moça aqui:












25 comentários:

  1. Agora viajei na música...

    Gosto da "doidinha" também!

    Já percebeste que pessoas criativas fogem dos parâmetros impostos pela sociedade e pela mídia de consumo em massa?

    As vezes o resultado não é bom (pessoal)... Mas deixam um legado eterno.

    Ah! vc tem um excelente gosto musical!

    Um bom dia p/ vc!

    Ternurassssssss

    ResponderExcluir
  2. Bia,

    A gente tem varis exemplos destes genios inquietos. Talvez essa loucura insandecida os torne tão criativos.Certamente deixam um legado eterno e sempre atual.

    bjo

    ResponderExcluir
  3. Eclético amigo, gostei demais e obrigada pelas palavras carinhosas no selo.
    Se eu tivesse que pensar na minha trilha sonora realmente não saberia o que escolher, ainda mais se tivesse a tarefa de destacar uma única música!
    Assim fico feliz com o teu poder de síntese! rsrsrs
    Um grande bj e mais outro e mais outro
    Gosto muito de passar neste Buteco.

    ResponderExcluir
  4. Lá vai, terceiro pitaco que não chega...
    De Novo:
    Eu até gosto dela, mas fico mesmo no território nacional.
    Um rockzinho ou MPB...
    Chico ou Caetano ainda vão me amar um dia, eu sei disso.
    Rs
    Há mais tem espaço para o eterno Bob Marley claro, não como um caso tórrido, mas como uma filosofia?!
    ;p
    BJ!

    ResponderExcluir
  5. Lufe, obrigada por compartilhar sua lista e participar da coletiva. E sobre Amy, que voz linda de negro ela tem, né? Sou fã .

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Gisa

    Eu escuto de tudo, gosto de musica boa, sonora, com boas letras, instrumentais tambem e não tenho esse poder de síntese....
    Mas o que eu coloco para escutar, são o jazz e os blues.
    Na verdade a minha trilha atual são os dois álbuns dela...rs

    Bjoca

    ResponderExcluir
  7. Rapha,

    Gosto de cantoras com este tipo de voz.
    Nina Simone, Sara Voughan, Janis Joplin.
    Gosto da sonoridade das musicas em inglês. Parece que esta língua foi feita para ser musicada.

    Acho a filosofia do Bob meio enfumaçada, difusa, meio dispersa.....rsrs

    Bjoca procê

    ResponderExcluir
  8. Vanessa,

    Achei legal participar.
    A voz da Amy, como a de Janis, parece que não sai dela......rsrs

    bjo

    ResponderExcluir
  9. Que delícia! Mais um ponto para o Buteco : as músicas são de primeira!

    Gosto de quase todas essas que tu gosta, moço, até daquela do Sapinho e do Sapão...rs

    Um beijo e ótimo fds.

    ;)

    ResponderExcluir
  10. Oi Luna,

    Quer dizer que nos temos bom gosto?
    Na hora que eu vi a Efigenia, me lembrei logo da dupla Sapinho & Sapão.....rsrsrs
    Gostou, né?

    bjoca guria.

    ResponderExcluir
  11. A lista é boa demais! Grandes nomes!
    Jazz é bom demais.
    Janis Joplin, eterna!

    às vezes acho que a música podia ter "parado" nos 80 rs. porque de lá pra cá, salva uma ou outra coisa rs.

    quem dera voltassem a ouvir pra valer o sertanejo (o real, de moda de viola) e não esse cornonejo chato. e a boa mpb, os bons roqueiros do Brasil.

    Ouço pouca música atual, Amy Winehouse é uma das top.

    bom fim de semana que nem sua boa música, Lufe!

    ResponderExcluir
  12. Oi Lufe!

    Cheguei de outra city em casa e maridão mostrou na internet a triste notícia: Amy faleceu... Falaste nela, falei em legado... Mas não tão cedo...Que perda!!!

    Fiquei muito triste...

    ResponderExcluir
  13. Bia,

    Pois é.....
    No final eu ainda dizia que prvavelmente ela não chegaria aos trinta.
    Triste premonição.
    É mais um talento que se vai por não encontrar o equilibrio em sua vida tão conturbada.
    Realmente é uma pena.
    E estou consternado!

    ResponderExcluir
  14. Uhun, gostei com direito a sorriso largo!

    Beijocas!

    =)

    ResponderExcluir
  15. Que coisa, hein? Ela te mandou algum sinal?
    Que coincidência funesta...Cruzes!
    É melhor se benzer.Se quiser te mando uns banhos de folha, rsss
    E, olha, não sonhe comigo não, viu?
    beijos

    ResponderExcluir
  16. Luna,

    eu tinha certeza disso....rs

    bjoca

    ResponderExcluir
  17. Concha,

    Quando vi o anuncio no Site dela, vi que ja estava no fim.
    Era um fato anunciado, né?
    Ela infelizmente estava se auto destruindo.

    bjo

    ResponderExcluir
  18. Adorei sua lista!!!! Acho que temos o mesmo gosto musical. Acho que ouvi quase todos que você citou.

    Não conheço o Gene Krupa...

    Mas gosto de blues, jazz, big band. E também de salsa, mambo, tango, samba e estou aprendendo a gostar de música eletrônica... rsrs

    Também estou participando do Soltando o som com o Múltiplas Realidades.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  19. Nanda,

    Que bom ter vindo ao Buteco.

    Gene Krupa foi um dos maiores bateristas do mundo, influenciando gerações após a dele.
    Ele era genial.

    Vou lá conhecer as sua trilha sonora.

    bjos

    ResponderExcluir
  20. Curti sua lista, pois também costumo ouvir: Dizzy Gillespie, Glen Miller, John Coltrane, Nina Simone, Louis Armistrong, Ray Charles, Ella Fitzgerald, Billie Holiday, Charlie Parker, Miles Davis e Janis Joplin. E assim como vc também tenho ouvido bastante Amy, aliás esta na minha lista também. Abraços e parabéns!

    ResponderExcluir
  21. Sua trilha sonora tem muita coisa gostosa de ouvir, e o interessante é que vai sendo constantemente atualizada. Maravilha

    ResponderExcluir
  22. A música é um momento de inspiração. Abre espaço em nosso coração.
    Fala da beleza e sensibilidade que está dentro de cada um de nós. Fala do Amor..e de tudo..É puro sentimento.
    Iteração de Amigos está nest som muito especial

    http://sandrarandrade7.blogspot.com/

    Parabéns pela sua participação. Muito show.
    Carinhosamente,
    Sandra

    ResponderExcluir
  23. Olá, Lufe
    Merecida homenagem a que partiu pra viver bem melhor...
    Abraços fraternos de paz e ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  24. Gosto apuradíssimo, o seu Lufe! Vc acerta no tudo e em todos, entende? Pena tantos grandes artistas se perderem, maaaas...nada impede de serem bons. Abraços

    ResponderExcluir
  25. Lufe
    Amigo que bom estar aqui mesmo que seja tão raramente. Algumas vezes esbarro com voc~e nos corredores e digo vou lá no buteco, mas algo me chama e pronto já pulo para outras bandas.
    Vejo que curtimos som parecidos ou quase iguais em nossas vidas.

    Triste a história da Amy com uam vida linda pela frente que simplesmente jogou fora...
    Será sempre bom ouví-la e naturamente algum comentário será dito.

    Sempre bom estar um pouquinho por aqui, fazer um brinde, jogar conversa fora, matar a saudade deixando a promessa de muito em breve voltar.

    Beijos

    ResponderExcluir

Entre no papo, comente!
Sua opinião é sempre bem vinda!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...