Tela do artista plástico moçambicano Antero Machado.

Tela do artista plástico moçambicano Antero Machado.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

“Causos” de Minas 3 - Visita ao Dotô!


Um dia desses fui fazer o meu check-up anual.
Cheguei ao consultório à hora marcada, como sempre sala de espera cheia.
Sentei e já me propus a aguardar. Medico como todos sabem, não tem hora.  Quando se marca uma consulta para a manha ou a tarde, o melhor a fazer é reservar todo o período do dia pra ficar com o tempo a disposição.
Nesse dia, percebi ao meu lado um casal de pessoas simples do interior de Minas.
Pareciam meio ressabiados e ouvi o homem comentando com a mulher que ele não gostava desta tal de “consurta com o douto”.
Claudio era o nome dele e estava sentindo fortes dores nas costas, mas como era mineirão da gema, não queria ir ao médico de jeito nenhum.
Só fora, depois de sua mulher Gislaine insistir muito, aí ele concordou em ir.
E ela fez questão de ir junto. Foi conferir!
Ele foi chamado para a “consurta” e enquanto ele era examinado, a sua esposa impaciente o esperava do lado de fora.
Na saída, Gislaine foi logo perguntando:
- E aí, Cráudio? Como foi, homi?
- O doutô disse qui num era nada serio. É só uma inframação. Eu só priciso usá esse negócio aqui qui ele me deu... Chama suspusitório!
- Mas cumo é qui si usa isso, homi?
- Uai... ele foi colocando a mão na cabeça. E eu sei lá, sô!
- Então vorta lá, uai! Ocê ta pagando, ele tem qui ti expricá!
- Ara gente.. mas o homi vai ficá brabo!
- Vai lá i num recrama, Cráudio!
E lá se foi o Cráudio.
Na volta a mulher pergunta:
E aí, cumo é qui usa o trem?
- O doto falô qui é pra colocá no reto!! Qui os suspusitórios são para colocá no reto!!! Eu preciso coloca isso aqui no reto! Disse ele já nervoso.
- Mas donde é que fica esse negócio, Cráudio!
- Uai... E eu sei lá!
- Mas ocê ta pagano homi! Ele tem que expricá tudinho! Trata de vortá e preguntá di novo! Dexa di sê burro, homi!
- Mas o homi vai fica brabo, Gislani...
- Vai logo, Cráudio! Num aperreia....
E lá foi de novo o mineiro pra sala do médico.
Na volta ele já veio mais feliz e diz pra mulher:
- Pronto Gislani. Explicou ele pra sua esposa: Eu perguntei pra ele onde é memo qui tem que colocá o troço e ele disse que é só eu colocá o trem no reto, qui fica no finar da coluna cervicar!
- Ai, Cráudio! Mas o que é essa tal de culuna cervicar?
- Ih, isso eu já num sei...
- INTÃO VORTA LÁ, HOMI!
E lá se foi ele mais uma vez.
Saiu da sala novamente, desta vez vermelhinho de vergonha e comentou com a esposa:
- Viu, Gislani... Eu num falei que ele ia fica brabo? ELE MANDÔ EU INFIÁ NO C# !!!!!

É, esses bichos do mato tem essas coisas.
Se não explicar bem explicadinho causa uma confusão dos diabos.



8 comentários:

  1. E pra gente comum, reto é diferente de cu.
    imagina se o governo colocasse no reto do povo! Ia virar filosofia.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Minas e suas perolas. Povo bom de mais esse nosso!



    Abrços!

    ResponderExcluir
  3. Eita... rsrss
    Esses causos nos garantem boas risadas!
    Tenha uma ótima semana!
    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  4. ahahahhaha coitado do mineirim. e ainda não entendeu pra que serve o tar de suspusitório rs

    boa semana

    ResponderExcluir
  5. Pensei que o Dotô fosse fazer serviço completo, daí a felicidade do homi!
    hahaha!
    Bjk!

    ResponderExcluir
  6. kkk, é dura a vida de médico, quando fala a verdade o cliente se ofende!
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  7. Nada que um desenho simples não pudesse resolver, néam?

    :p

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  8. vim te visitar e vou embora sorrindo....

    Abraçao

    ResponderExcluir

Entre no papo, comente!
Sua opinião é sempre bem vinda!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...