Tela do artista plástico moçambicano Antero Machado.

Tela do artista plástico moçambicano Antero Machado.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Causos do SUS

A cada dia que passa o nosso sistema de saúde piora.
Acontece cada coisa nos hospitais que mais parece piada.
Tenho estado dentro de hospitais nos últimos anos com uma frequência maior do que gostaria, sempre acompanhando meu pai em suas internações.
Como ele fica internado algum tempo, fazendo exames ou tratando de algum problema, eu fico por ali e observo o que acontece ao redor.
Vou contar pra vocês dois casos que presenciei durante a ultima visita.
Estava eu ao lado da recepção, batendo papo e esperando o meu pai voltar de um exame de ressonância magnética, quando o atendente pega o telefone e alguém pergunta:
- Bom dia, é da recepção? Eu gostaria de falar com alguém que me desse informações sobre um paciente. Queria saber se certa pessoa está melhor ou piorou...
- Qual e o nome do paciente?
- Chama-se Celso e está no quarto 302.
- Um momentinho, vou transferir a ligação para o setor de enfermagem...
- Bom dia, sou a enfermeira Lourdes. O que deseja?
- Gostaria de saber as condições clínicas do paciente Celso do quarto 302, por favor!
- Um minuto, vou localizar o médico de plantão.
- Aqui é o Dr. Carlos plantonista. Em que posso ajudar?
- Olá, doutor. Precisaria que alguém me informasse sobre a saúde do Celso que
está internado há três semanas no quarto 302.
- Ok, meu senhor, vou consultar o prontuário do paciente... Um instante só!   Hummm! Aqui está: ele se alimentou bem hoje, a pressão arterial e pulso estão estáveis, responde bem à medicação prescrita e vai ser retirado do monitor cardíaco até amanhã. Continuando bem, o médico responsável assinará alta em três dias.
- Ahhhh, Graças a Deus! São notícias maravilhosas! Puxa vida, que alegria!
- Pelo seu entusiasmo, deve ser alguém muito próximo, certamente da família!?
- Não, sou o próprio Celso telefonando aqui do 302!  É que todo mundo entra e sai desta merda deste quarto e ninguém me diz coisa nenhuma. Eu só queria saber como estou......

Logo em seguida, o funcionário do laboratório de analises clinicas do hospital pega o telefone e faz uma ligação e a dona da casa atende :
 - Alô!
 - Sra. Silva, por favor.
 - É ela quem fala.
 - Sra. Silva, aqui é o Arruda do laboratório. Ontem, quando o médico do seu marido enviou a biopsia dele para o laboratório, a biopsia de um outro Sr. Silva chegou também, ao mesmo tempo, com o mesmo nome e nós agora não sabemos qual é a do seu marido.  Infelizmente, os resultados são ambos ruins e terríveis.
 - O que o senhor quer dizer?
 - Bem, um dos exames deu positivo para Alzheimer e o outro deu positivo para AIDS. Nós não sabemos qual é o do seu marido.
 - Isto é um absurdo! Vocês não podem repetir os exames?
 - Normalmente seria isso que faríamos mas o SUS somente paga esses exames caros uma única vez por paciente.
 - Bem, o senhor me aconselha a fazer o quê?
 - O pessoal do SUS aconselha que a senhora leve seu marido para algum lugar bem longe da sua casa, e deixe-o por lá. Se ele conseguir achar o caminho de volta, não tenha mais relações sexuais com ele !!!

É minha gente, onde vamos parar com esse nosso serviço de saúde?
Cada dia que passa dá mais medo.

O caso do Celso é verídico. O do Sr Silva, fácil fácil,  poderia ser também. O descaso com que os pacientes são tratados nos hospitais propicia fatos como esse. Parece mesmo piada, mas que são de extremo mau gosto, isso são!!!!


35 comentários:

  1. Pois é Lufe,
    Semanalmente, nos noticiários estamos vendo o descaso com a saúde e pacientes morrendo sem atendimento algum.
    E mesmo quem tem plano de saúde,corre o risco de não ter atendimento em um momento de urgência.
    Quem dera se fossem apenas "causos" e não a triste realidade.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Lufe so cor ro!
    Não consegui ler seu texto, a cor está da dor do funda de tela da sua página. Só li o comentário da Caroll pq é branca a letra. rsrsrsrs Vai que tenho que procurar o oftalmologista do SUS... Pior que aqui nem SUS tem viu?
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  3. Caroll,

    Como eu disse, o causo do Cesar é verdadeiro.
    Os pacientes ficam abandonado e carentes. Entram mil pessoas da equipe do hospital no quarto, mas ninguem lhes dá atençao. Entram, medem a pressão, temperatura, medicam e saem. É triste,

    bjo procê

    ResponderExcluir
  4. Marly querida,

    De onde você é que nem SUS tem? Socorro digo eu....rsrsrs
    Obrigado pelo alerta, vim logo corrigir.
    E vim correndo, vai lá que eu lhe dê um problema na vista, né?....rsrs

    bjos procê

    ResponderExcluir
  5. Olha, sem querer contrariar. Minha mãe tem determinado plano de saúde, em Fortaleza. Meus irmãos e eu suamos pra pagar o bendito plano há mais de cinco anos. Ocorre que na hora da dificuldade o Plano não valeu de nada e no SUS, além de receber o procedimento e tratamento adequados, ela ainda foi superbem atendida. Só pra registrar que no meio de tanto descaso ainda existem profissionais sérios no setor público de saúde do nosso país. Difícil é encontrar um deles.

    ResponderExcluir
  6. Teu texto vem bem a calhar com o 4 por 4 de hoje no meu blog.É...a cada dia nosso Sistema de Saúde fica pior.Quero te fazer um convite,Lufe.Deixa teu e-mail lá no blog?
    Bjka

    ResponderExcluir
  7. Kinha,

    Os profissionais de saúde abnegados e humanos sempre existiram e continuarão a existir.
    Essa critica em forma de humor é uma generalização.
    O que esta errado é o sistema que com poucos postos de atendimento e equipes reduzidas obrigam estes profissionais, num esforço sobre-humano a se desdobrarem no atendimento. Eles não tem realmente tempo para dar atenção exclusiva a nenhum paciente.Dar o atendimento clinico devido, já é um grande esforço. Merito deles.

    bjo procê

    ResponderExcluir
  8. Emiliana,

    Obrigado pelo convite.
    Sou um analphadigital e não sei como fazer isso....rsrsrs

    Vou trancrever aqui o comentario que fiz por lá.

    Quanto ao tema que você lançou: O que está que está acontecendo com os profissionais da saúde? Por que tantos erros fatais? Você confia nos médicos e enfermeiros?

    Lendo os comentários de Van, de Raissa, de Maria Claudete e de Wildem Barreiro, todos eles muito pertinentes, gostaria de abordar um tema que muitas vezes é relegado ao segundo plano e discute-se somente a ponta do iceberg.
    Vou dizer o que penso sem me aprofundar, em linhas gerais.
    O que esta errado em nosso pais e em muitos outros países pelo mundo é o modelo de atendimento medico.
    Não há questionamento sobre os avanços da medicina, sobre a necessidade das especializações, dos avanços tecnológicos.
    O nosso problema maior é o modelo.
    Não há duvida que os profissionais da medicina, pela própria peneira dos vestibulares, geralmente são os nossos jovens mais qualificados. Para se inserirem no mercado, um medico comum leva, pelo menos, oito anos para sua qualificação, chegando os mais especializados a onze, doze anos.
    Com os avanços da ciência medica, da tecnologia, se tornou necessário e imprescindível um novo modelo. A porta de entrada ainda é e necessita ser o clinico geral.
    Ele é o profissional que tem uma visão geral do paciente. Ele resolve 80% dos casos. Os outros 20% serão encaminhados por ele aos especialistas, caso a caso.
    Os especialistas, para fazerem jus ao nome, se especializam em determinada área e não conhecem com profundidade as especificações das outras áreas. Ele conhece o básico das outras. Culpa dele? Não, culpa do avanço da medicina. Seria humanamente impossível ele ter aglutinado todo o conhecimento, tão amplo.
    Os antigos médicos de família, os médicos considerados heróis, que em todas as famílias existem lembranças e reconhecimento e saudade destes profissionais, com os conhecimentos de hoje em dia eles não seriam mais que curandeiros.
    Para que o clinico geral tenha condições de um bom diagnostico é necessário que ele dedique uma hora ou hora e meia numa consulta. Ele devera conhecer todo o histórico do paciente inclusive o seu histórico familiar. Devera fazer o exame clinico minucioso e só após pedir os exames que lhe confirmarão o diagnostico. Somente depois destes procedimentos e com o diagnostico definido ele pedira os exames específicos e tratara da doença ou o encaminhara para alguma especialidade.
    Em nosso sistema de saúde, publico ou privado, essa pratica tem condições de ocorrer?
    No sistema publico, os postos de atendimento estão sempre lotados e os profissionais atendem seis, oito pacientes por hora. Existem condições de trabalho?
    No sistema privado, em consultórios lotados, o profissional atende normalmente quatro por hora. Consultas de quinze minutos.
    Nos dois casos, eles invertem a conduta e pedem de cara uma bateria de exames que se encarregara de dar um diagnostico, nem sempre preciso. Ele não tem tempo de fazer um exame clinico apurado.
    No serviço publico, os postos de atendimento lotados, mal aparelhados e com equipes mínimas.
    No setor privado, valores de consulta irrisórios, comparáveis ao valor cobrado por uma manicure para fazer mãos e pés. (sem nenhum demérito as manicures)

    (continua)

    ResponderExcluir
  9. (continuação)

    Se um medico do setor privado atender em um dia de serviço em seu consultório trinta pacientes, ele recebera por volta de 600 reais por dia. Isso se ele tiver a agenda lotada! Em vinte e dois dias ele receberia por volta de 12 000 reais mês. É pouco? Não!!! Mas para receber isso ele se mata de trabalhar e se avilta, sabendo que pratica uma medicina de baixa qualidade.
    Destes 12000 ele paga secretaria, aluguel do consultório e sua manutenção, agua, luz, condomínio, vai a congressos para se atualizar, somados a outros gastos com a profissão. Não sobra tanto assim para um profissional deste gabarito e que leva uma década para se qualificar. Ele ganharia livre, o que ganha um bom assentador de cerâmica, um bom pedreiro de acabamento, um bom mecânico.
    Como fazer este sistema funcionar, dando ao clinico geral condições de efetuar uma consulta correta, digna, minuciosa? Onde ele priorizara o paciente, seu histórico e exercerá a medicina com o apoio de exames de complementação?
    Essa é a maior questão.

    Um beijo procê

    ResponderExcluir
  10. Adorei tua opinião expressa no 4 por 4 pq abriu portas para outras questões para se refletir.Obrigada por ter passado por lá e deixado tua impressão num assunto tão preocupante.Te mando o convite pelo e-mail que tem no teu perfil ok?
    Bjka

    ResponderExcluir
  11. Emiliana,

    Manda sim, será um prazer.

    bjo procê

    ResponderExcluir
  12. E tragicômico isso Lufe

    Eu, vc sabe, sempre vou a hospital e vejo coisas que me deixam doentes emocionalmente.

    Beijo meu

    ResponderExcluir
  13. Não se pode nem ficar doente em paz.

    Triste isso.

    :p

    Agora vou ali localizar um áudio perdido...rs

    Prepara o café e me espera, por favor, Luiz Fernando.

    Beijo grande, grande!

    ResponderExcluir
  14. É Fatima,

    Você deve ver coisas de estarrecer....
    Imagina isso a 50 anos....
    Evoluimos muito, mas é necessaria uma reformulação dos serviços, investmentos mais pesados (só o produto dos desvios de verba já dava e sobrava) em infra-estrutura, pessoal, etc.
    Estamos evoluidos em alguns aspectos até mais que o primeiro mundo mas em outros competimos com Uganda, Etiopia.

    bjos procê

    ResponderExcluir
  15. Miss Moon,

    Se tiver um medico de confiança que faça o acompanhamento hospitalar, pode.
    E tem que ter acompanhante 24 horas tambem.

    ET.Perdido pra mim, vai dizer que você não tem guardado....duvideodó!....rsrsrs

    bjões procê

    ResponderExcluir
  16. Boa noite, Lufe! Cheguei aqui através da Elaine e adorei.
    A saúde no Brasil está tão caótica, que mesmo quem pode pagar (caro) um plano de saúde sofre. Imagine você que só consegui marcar ecocardiograma para o final de novembro! É mole?
    Bj

    ResponderExcluir
  17. ahahhaha adorei essa do paciente ligar pra saber dele mesmo hahaha. com essa mania que médico tem de não falar as coisas hahaha. Se o Celso for seu amigo, dá os parabéns pra ele, mto inteligente hahaha.

    Esse descaso com a saúde é triste. E injustificável, porque se paga tanto imposto pra nada... tá mto errado isso.

    grande abraço, Lufe

    ResponderExcluir
  18. Aaliyahrj,

    Seja sempre bem vinda.

    bjo procê

    ResponderExcluir
  19. Alexandre,

    É um entra e sai de gente dos quartos e ninguem fala nada para o paciente.O Celsoachou um caminho....rsrs

    abrços procê

    ResponderExcluir
  20. Luna,

    Ah, esses E.T.'s.....

    ;)

    bjocas procê

    ResponderExcluir
  21. Lufe
    Eu quero é novidade, rsrs O descaso com a saúde pública não é de agora e vai continuar por longo tempo. Você precisa ver a situação dos pacientes que chegam para serem atendidos em um hospital central daqui. As pessoas se amontoam pelos corredores horas a fio a espera de atendimento. Haja paciência de chinês pra que sejam atendidos e medicados.
    Muito legal a história do Celso. Criatividade tá aí, rsrsr.
    Quanto aos Silva, é bem possível que a ideia fornecida pelo atendente à esposa tenha ocorrido na mente dele.
    Bjusss
    Sil

    ResponderExcluir
  22. Lufe, está poderia ser piada também, aliais queria que fosse: Tenho Unimed Empresarial, para o meu filho ter acesso ao melhor especialista, primeira consulta paguei particular, porque havia vaga para atendimento, já Unimed só com um mês e meio de espera. Enfim, Fica a pergunta - "Quem poderá me salvar" rsrsrsr P/ completar as lambaças, muito profissionais não atende nem SUS e nem Planos de Saúde. Aqui no Norte morremos meio que a toa, ainda em vida... Enquanto isto no planalto os nosso dinheiro de contribuinte vai p/ bolso de corrupto, que tem grana p/ pagar "bons" advogados que vê "brechas" de tudo que é jeito na lei brasileira, e o dito salvador da pátria nunca vai preso. Aff!!!

    Mudando de assunto, explico sobre boto lá no cafofo...

    Beijoooooooooooooo

    ResponderExcluir
  23. Sil,

    Eu continuo achando que o maior problema é o modelo. Há má distribuição dos postos de atendimento. Aqui em Minas e acho que o mesmo ocorre em todo pais, os deputados em epoca de campanha distribuem ambulancias. O pessoal do interior vai todo para os grandes centros e superlotam os hspitais, onde ficam alojados em macas nos corredores. Porque ao inves destas ambulancia não fazem polos de atendimento por região? Evitaria estas viagens e distribuiria melhor o atendimento.
    Será que eles querem ou se interessam por isso? Pobreza e caos sempre deu voto!

    bjos procê.

    ResponderExcluir
  24. Bia,

    Aí ainda da para os medicos não atenderem convenios, o que não ocorre mais nos grandes centros. Nestes, somente os "medalhões" podem se dar a esse luxo.Quanto a diferença de tempo de marcação de consultas, eles gerencialmente distribuem parte do dia para os convenios e reservam a outra parte para os particulares. Não se pode exigir que o profissional deixe de atender uma consulta particular a 200 pratas para tender ao convenio que lhe paga menos de trinta.Como as horas diaris são limitadas, a marcação para convenio só se consegue com muita antecedencia.É o mercado. Pra tudo é assim.

    Quanto ao boto, eu sei que o golfinho é maritimo, né?.....rsrsrsrs
    Eu comentei do boto por ser um primo bem proximo e de visual tambem belissimo.
    Não sabia que tinha tambem no seu "riachinho" no quintal.

    bjos procê

    ResponderExcluir
  25. Lufe amigo, aqui é Amazônia! Uns chamam também de Amazônia legal, coisas de geógrafos e Brasília...

    Mas na verdade o rio Tocantins nasce no cerrado, se eu não me engano, no Planalto Central e "morre", "mistura", "desaguá" suas águas no rio Araguaia, que fica distante da minha casa uns 200 e poucos km, ando me programando com o Júlio para ir lá ver esse encontro das águas e registrar p/ vcs. A Riqueza do extremo Norte do Tocantins é o fato de ser a maior área de transição do país "Amazônia e Cerrado".

    E a Jubiart aqui só celebra! Rsrsrsr

    ResponderExcluir
  26. Ahahahahahah vou te afogar no riachinho ahahaha...

    ResponderExcluir
  27. Bia,

    Eu chamei de "riachinho" pois estou acostumado com o "Velho Chico" daqui.....rsdrsrs
    Poderia chamar de "corguinho" tambem.....rsrs

    ResponderExcluir
  28. Engraçado é que ele nasce parece o velho Chico, um filete de água cristalina... Quando há 18 anos passados, chegando aqui no Estado chamava na sacanagem os rio de "valas" atravessava a nado (hoje não me atrevo), comparado aos rios Amazônicos que as vezes parecem mar... Era a minha cultura de rio. Por curiosidade aqui no Tocantins encontra-se o menor rio do mundo, só esqueci o nome...

    Bjsssssss

    ResponderExcluir
  29. Bia,

    Claro que eu fui conferir.
    Você esta falando do Azuis, de 147 metros de extenção. Só que ele é em Goias, perto de Taguatinga.
    Só que ele não é o menor do mundo...
    Tem outro "menor do mundo" menor que ele que é o rio Roe no EEUA no estado de Montana, que tem só 61 metros e esta no Guiness Book!
    Tem um outro, o rio D no estado de Oregon tambem por lá que tem só 150m!
    Então o Azuis é o terceiro menor do mundo......rsrs

    Quanto ao seu "corguinho", no quintal da sua casa já não se vê o outro lado, né?

    O Buteco tambem é cultura!

    bjocas procê

    ResponderExcluir
  30. Correção.

    O Azuis fica entre os municipios de Aurora do Tocantins e Taguatinda, no sudeste do estado de Tocantins(TO)às margens da rodovia TO-110

    ResponderExcluir
  31. ahahahaahahah, Cara, chega de rio por hoje, ainda vou trabalhar mais...Então no minimo maior do Brasil, o povo aqui está fazendo propaganda enganosa rsrsrsr. Amigo um bom início de noite p/ vc!

    Beijoooo

    Ah! Pela pesquisa se salvou do afogamento, mas não de uma pescaria...

    ResponderExcluir
  32. Seria realmente cômico se não fosse trágico e qualquer um que por infelicidade já precisou dos serviços de saúde do SUS sabe disso.
    De qualquer modo, dei muita risada e isso faz muito bem... o caso verídico é ainda melhor do que o outro.
    Beijokas, Lufe, e todo meu carinho.

    ResponderExcluir
  33. Bia,

    Não me esqueci da gentileza do convite.
    Um dia desses.......

    bjos procê

    ResponderExcluir
  34. Lua,

    Até nessas horas a criatividade impera!....rsrs

    bjocas procê e você sabe que o carinho é reciproco.

    ResponderExcluir

Entre no papo, comente!
Sua opinião é sempre bem vinda!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...