Tela do artista plástico moçambicano Antero Machado.

Tela do artista plástico moçambicano Antero Machado.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Love in the Net (repostagem)

Ele entrou no reservado de forma tímida: 
- Oi....
E como sempre o mesmo lugar comum: 
- Tc de onde?
E o papo começou despretensioso.
Ele insinuante, envolvente, às vezes arrogante, como sempre agem os homens.
Assuntos esparsos, conversa vai, conversa vem....
Demonstrava inteligência e senso de humor desde o princípio... a conversa foi se aprofundando, se tornando mais intima.
Ele interessado nas coisas da vida, nos amores e desamores, de maneira delicada sem ser piegas, envolvendo-me em suas carícias verbais, me tecendo elogios pelos meus pensamentos e maneira de ver a vida.
Dizia-me que eu era uma mulher muito interessante, sensual, amorosa, bom papo, inteligente, por quem qualquer homem ficaria feliz em se apaixonar... 
Deixei fluir o meu lado romântico e como Rapunzel lancei as minhas tranças...
Surtiu efeito e ele se tornou cada vez mais insinuante, sedutor...
Aquele homem que se esconde em nossos sonhos mais íntimos, um Antonio Banderas dizendo coisas que pareciam vir da boca de um Cyrano de Bergèrac. 
Me faziam sentir como se estivesse nas nuvens...
Enlouquecia só de pensar, meus pensamentos vinham como caracóis e já me sentia como uma Medusa com a cabeça fervilhando e cheia de minhocas.
A cabeça estava tal qual uma “chaleira veia”... 
Fervia e chiava parecendo querer arrebentar o tampão!
Que vontade de sentir seu cheiro, seu toque, sua pele, o gosto de sua boca e do seu sexo...
Estava tão excitada, tão molhada que parecia verter uma cachoeira por entre as pernas...
Os bicos dos seios pareciam romper a leve camiseta que vestia...
E ele continuava... 
Suas palavras tinham a consistência de um membro viril, arrojado, forte, teso...
A gente sente, percebe e absorve as coisas de acordo com as nossas carências.
Como diz o ditado, “cada um chora por onde sente saudades” e, eu estava naquela fase onde a “cobiçada”, a “perseguida”, já tava cheia de teias de aranha...
Vibrava, ansiava com vontade de ser penetrada, invadida nem que fosse pelo charuto perfumado do Clinton... 
E olha que nem precisava ser no Salão Oval!
De repente, sem o menor pudor vejo estampado na tela em letras garrafais:
- VOCÊ GOZOU?
Como assim!?!?
Tão direto?
Tão grosseiro?
Tão vulgar...
Senti minha paixão sumir como fumaça...
E eu já tava “xonadinha”...
DESISTI!!!!
Amor pela NET ?
NUNCA MAIS!!!!
Pra me apaixonar outra vez pelo PC... 
Só se for com o próprio PC...
E de preferência, que seja... 
Pelo MOUSE!

Postado originalmente em 07/08/10

17 comentários:

  1. Ilusão virtual... rsrs

    "Senti minha paixão sumir como fumaça...
    E eu já tava “xonadinha”...
    DESISTI!!!!"

    Só que fiquei triste pela mocinha =(

    Beijosss querido e ótima semana!

    ResponderExcluir
  2. Patricia,

    As vezes nestes contatos virtuais uma atitude só põe tudo por terra.....o olho no olho faz falta.

    Fica tristinha não, ela arruma outro gato por aí....rsrs

    bjocas procê

    ResponderExcluir
  3. Concordo com vc
    qualquer palavra mal dita(escrita)nesses contatos virtuais põe tudo a perder.
    bjkas

    ResponderExcluir
  4. Realmente,
    uma palavrinha estraga tudo..rs
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. nas relacoes nao virtuais uma palavra as vezes poe tudo a perder tambem... nao e exclusividade da internet, infelizmente...

    inaier.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Faby,

    Seja bem vinda

    bjos procê

    ResponderExcluir
  7. Caroll,

    o encanto virtual é tenue, né?

    bjos procê

    ResponderExcluir
  8. Inaier,

    Concordo, mas na vida real, o toque, o cheiro, o olho no olho tambem completam as palavras. Corre-se um risco menor de uma interpretação erronea, você não acha?

    bjos procê

    ResponderExcluir
  9. Ótimo texto!
    Excelente balde de água gelada rsrsrsrsr
    Até eu fiquei com frio rsrsrsrs

    Amigo Lufe, uma grande e harmoniosa semana p/ vc!

    Beijooooooooo

    ResponderExcluir
  10. Essa carência nossa... Realmente as palavras acariciam a alma, e quando bem(ou mal intencionadas) fazem a gente voar pelas paredes. Ainda bem que ela murchou a paixão antes que a coisa fosse pra outra dimensão.
    Apaixonar pelo mouse??? Acho melhor que seja por um vibrador, se é pra ficar nesse patamar.
    Beijokas doces e boa semana.

    ResponderExcluir
  11. Marly,

    A intenção era essa....rsrs
    O cara que inventar, fica rico.

    bjocas procê

    ResponderExcluir
  12. Ué...Mas se a cachoeira fluía, o que tem de inadequado na pergunta?

    Não entendi, Luiz Fernando. Será que a moça aí é prima do rapaz aquele que deu cabo do blog?

    Rs

    Sérias desconfianças...

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  13. Miss Moon,

    Eu acho que é da mesma seita que ele.
    Ela é romantica e pudica.
    Ela pensa, sente, mas não gosta de se ver exposta.
    Por isso ela ficou chocada e passou a preferir o mouse....vibratório, é claro!.....rsrs

    bjocas procê

    ResponderExcluir
  14. Oi Lufe

    Nas madrugadas
    Diversas máscaras são colocadas
    Assim são auto-enganadas.
    Será somente uma fuga,
    Esse vazio pessoal na existência?

    Um dia escrevi algo a respeito disso.
    Nada contra a quem goste disso, mas não me vejo numa situação dessas.

    Sem beijo na boca não dá..rs

    Beijo meu

    ResponderExcluir
  15. Na Net as conversas deviam servir apenas para interagir com amigos. É ilusão buscar outros tipos de relações, que quase sempre estão fadadas à decepções e enganos. Usualmente o 'candidato' nunca fala a verdade a seu respeito.
    Bjusss
    Sil

    ResponderExcluir

Entre no papo, comente!
Sua opinião é sempre bem vinda!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...